9 de jul de 2015

Comunidade e entidades locais, presentes na VIII Conferência Municipal de Assistência


BOM RETIRO DO SUL

Na tarde desta quinta-feira, no Auditório do Centro Administrativo em Bom Retiro do Sul, aconteceu a VIII Conferência Municipal de Assistência Social.
A conferência é um espaço privilegiado de interlocução e negociação política, fundamental para a democratização da política de assistência social, de reflexão e deliberação sobre a política Municipal de Assistência Social, aberto a todos os segmentos da sociedade local.
O Sistema único de Assistência Social – SUAS, comemora em 2015, 10 anos de implantação, e é um sistema público que organiza os serviços sociosassistenciais no Brasil. Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o Sistema é composto pelo poder público e sociedade civil, que participam diretamente do processo de gestão compartilhada. 

Este ano, teve como Tema: “Consolidar o SUAS de vez rumo a 2026.” E como Lema: “Pacto Republicano no SUAS rumo a 2026: o SUAS que temos e o SUAS que queremos. ”

Iniciando a VIII Conferência, compuseram a mesa oficial, o Prefeito Municipal Pedro Aelton Wermann, Vice-presidente do Conselho Municipal de Assistência Social Sergio Gregory, o Secretário Municipal da Saúde Carlos Alberto Santos Jr, o Vereador e representante da Câmara Municipal de Vereadores Carlos Teobaldo Gewehr, a 1ª Dama do Município Afaf Wermann e a representante dos usuários do SUAS Lucila Bohrer.

Na abertura cultural, Jackson Zanuni, que é um talento local, conhecido na região, e possui 2 cd’s gravados, fez uma belíssima apresentação.

Na sequência, foi lido o Regimento e Denise Kerber, coordenadora do CRAS, fez sua explanação e conduziu os trabalhos dos grupos.

A Conferência teve como objetivo, a construção das diretrizes para o SUAS nos próximos 10 anos, onde o governo e a Sociedade Civil participaram da elaboração do Plano Decenal para Assistência Social de 2016 a 2026. Sendo que, na ocasião, participaram 173 pessoas.
 
Denise Kerber Coordenadora do CRAS salienta a importância do evento “que as diretrizes definidas na tarde de hoje sejam a construção coletiva e participativa, induzindo a novas conquistas com a priorização da atenção às populações mais vulneráveis, do compromisso dos entes federados e da participação civil na formação de uma sociedade mais igualitária e de adoção de um modelo de desenvolvimento econômico mais inclusivo”, disse Denise.

Na sequência os grupos apresentaram suas propostas, sendo votadas e escolhidos os Delegados que representarão o município na Conferência Estadual de Assistência Social.
AI

Nenhum comentário:

Postar um comentário