20 de abr de 2015

Manhãs de segunda ao som de violino ficam mais agradáveis na Secultur

Cultura
Núcleo Cultural de Estrela oferece aulas de violino todas as segundas-feiras na Secultur. As inscrições estão abertas
 
Quando o professor de violino Sinésio Adolfo Fröder toca o arco nas cordas e delas faz sair o
som, é agradável ouvir o instrumento que tem centenas de anos de história. Com esforço e treinamento, os alunos do Núcleo Cultural de Estrela esperam um dia chegarem a habilidade de Fröder. Todas as segundas-feiras, o professor dá aulas de violinos no Núcleo, na Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), em Estrela. Elas são feitas particularmente: um aluno por vez. Os treinamentos duram meia hora. “Aqui na Secultur as crianças podem começar a fazer violino a partir dos seis anos, esse é um diferencial”, explica Fröder, que diz que não existem muitas instituições que oferecem aulas com esse tipo de instrumento. 

Fröder estuda licenciatura em música e fez uma série de cursos como violinista. Dá aula de violino desde os 14 anos e realizou turnê para a Europa. É um típico violinista que aprendeu a ensinar e a reger o instrumento com maestria. Em Estrela, as oficinas são em conta: R$ 35 mensais.
Interesse
O professor diz que as aulas despertam curiosidade e o interesse de alunos que estão aprendendo o instrumento. “Aquele que vem tem o intuito de realizar o sonho de tocar violino.” No entanto, acredita que poderia haver procura maior da comunidade. “É porque é um instrumento incomum a nossa cultura. É mais antigo, veio do período barroco, tem centenas de anos de história.” Fröder diz que o Núcleo e os professores querem resgatar a prática para que os violinos possam estar mais presentes na cultural atual.

Susana Maria Felzmann está iniciando nas aulas de violino. Ela gosta e sente prazer no som do instrumento e diz que é bom ter um “professor profissional” ao lado. Adianta que quer saber tocar músicas difíceis. “Nada de música de criança.”

Inscrições
O Núcleo Cultural de Estrela está com inscrições abertas para as aulas de violino. São realizadas nas segundas-feiras pela manhã. Informações pelo telefone 3981 1198
Texto e fotos: Andreia Rabaiolli

Nenhum comentário:

Postar um comentário