22 de abr de 2015

Hospital de Caridade Sant’Ana sofre com a falta de pagamento dos recursos Estaduais




Assim como todos os Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul, o Hospital de Caridade Sant’Ana passa por uma série crise financeira decorrente das medidas enérgicas que vêm sendo tomadas pelo governo do Estado.
Os hospitais ficaram sem receber 02 parcelas do incentivo – IHOSP referente o ano de 2014 e a portaria que previa o repasse deste importante recurso para o ano de 2015, essencial para a manutenção dos serviços, não foi renovado pelo Governador José Ivo Sartori.
O Hospital de Caridade Sant’Ana, especificamente, tem a receber de incentivo - IHOSP referente os meses de outubro e novembro de 2014, a importância de R$ 42.686,86. E neste ano de 2015, por não ter sido renovada a portaria, já deixou de receber R$ 85.373,72, totalizando o valor de R$ 128.060,58 a menos em caixa.
Para pior ainda mais a situação, na última semana os hospitais foram surpreendidos com o pagamento de apenas 45% referente a produção hospitalar e ambulatorial do mês de março. O Hospital de Caridade Sant’Ana recebeu apenas R$ 28.027,49 (R$ 34.255,84 a menos do que o previsto em contrato).
Com esta significativa redução de receita, a Direção do Hospital de Caridade Sant’Ana foi forçada a paralisar o atendimento de cirurgias eletivas, serviço que vinha sendo prestado aos municípios de Bom Retiro do Sul, Paverama, Poço das Antas e Lajeado. E se a crise persistir, com certeza outros atendimentos terão que ser reduzidos ou até mesmo suspendidos.
Os hospitais, de uma maneira geral, estão sem dinheiro para cobrir todas as suas despesas que, aliás, vêm passando por importantes reajustes, como é o caso dos medicamentos, energia elétrica, oxigênio e folha de pagamento.
A Direção do Hospital de Caridade Sant’Ana espera poder contar com a compreensão e colaboração de toda a comunidade neste momento tão delicado. Para isso, mais uma vez pede o engajamento de todos nos seus programas: “Nota Fiscal Gaúcha” e “Programa Amigo do Hospital”, que são maneiras de contribuir financeiramente com a Instituição e receber benefícios diretos. Para ajudar, basta ir até o Hospital que serão fornecidas todas as informações e orientações necessárias.
Simone Diedrich
Diretora Administrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário