24 de abr de 2016

Vacinas contra o HPV estão sendo feitas somente no Posto de Saúde


PAVERAMA
A Secretaria Municipal da Saúde de Paverama, através do setor imunizações, informa que segue a vacinação contra o HPV. Diferente dos outros anos, a vacinação está sendo realizada somente no Posto de Saúde, sendo que todas as meninas ao completar 9 anos devem procurar a Unidade Básica de Saúde, com sua caderneta de vacinação, na parte da manhã das 8h às 11h30 e a tarde das 13h as 16h30 para efetuá-la.

Meninas dos 9 aos 13 anos devem se dirigir a Unidade Básica de Saúde com carteira de vacinação para tomarem a primeira dose. A segunda dose da vacina deve ser feita 6 meses após a primeira.

Convém lembrar as meninas que ainda não realizaram a segunda dose, no ano passado, que procurem o posto de saúde com suas cadernetas de vacinação.
Mais informações podem ser obtidas no Posto de Saúde com a Enfermeira Cláudia Corrêa da Silva.

         Sobre a vacina:
Essa vacina foi incluída no Calendário Nacional de Vacinação do SUS em março de 2014, tendo como população-alvo as meninas de 11 a 13 anos de idade. No ano de 2015, a oferta da vacina foi ampliada para as meninas na faixa etária de 9 a 13 anos de idade.

O Ministério da Saúde adota o esquema vacinal composto por duas doses (0, 6 meses), e a estratégia de vacinação mista, ou seja, a vacinação poderá ocorrer nas Unidades de Saúde do SUS e em parceria com as secretarias de saúde e educação. (http://portalarquivos.saude.gov.br/).

         O que é o HPV?:
São vírus capazes de infectar a pele ou as mucosas. Há mais de 150 diferentes tipos de HPV - 40 deles podem infectar o trato genital. Alguns tipos de HPV podem provocar câncer e outros podem causar verrugas genitais.
Existem 12 tipos identificados como de alto risco (HPV tipos 16, 18, 31, 33, 35, 39, 45, 51, 52, 56, 58 e 59) que têm probabilidade maior de persistir e estarem associados a lesões pré-cancerígenas. O HPV de tipos 16 e 18 causam a maioria dos casos de câncer do colo de útero em todo mundo (cerca de 70%). O câncer do colo de útero é uma doença grave que pode levar ao óbito. No Brasil, é a terceira maior causa de morte entre as mulheres.
Jêison Lauri da Rosa - AI

Nenhum comentário:

Postar um comentário