10 de ago de 2013

Participação Popular e Cidadã define prioridades para estrelenses



E S T R E L A
A Participação Popular e Cidadã levou um grande número de estrelenses às urnas. Ao todo, 1.877 eleitores apontaram quais as prioridades regionais e demandas a serem atendidas pelo Governo do Estado. Os votantes também deram a sua opinião sobre a Reforma Polícia.

A consulta popular ocorreu em 22 urnas entre fixas e volantes que estavam espalhadas em pontos estratégicos da cidade. Para o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico de Estrela, Marco Aurélio Wermann a votação expressiva demonstra o interesse da comunidade em participar das decisões políticas. 

A demanda prioritária, com 1534 votos, destina R$ 1,1 milhão para obras de reformas e equipamentos para 21 hospitais do Vale. O rateio será feito conforme número de leitos do SUS. A segunda, com 1467, da Segurança Pública e Defesa Civil, destina R$ 1,1 milhão para aparelhamento dos órgãos de segurança do Vale (Polícia Civil, Militar e Susepe). Em terceiro lugar, com 1397 votos, está a demanda da Educação Básica, Profissional e Técnica, que irá destinar R$ 400 mil para mobiliário e equipamentos para as escolas estaduais do Vale. A quarta e última demanda apontada pela população foi a do Desenvolvimento Rural que destinará R$ 1,7 milhão para o programa de fortalecimento da cadeia produtiva do leite (885 votos).

No campo das prioridades regionais os estrelenses apontaram a Saúde (programa de regionalização da Saúde) e Segurança Pública (sistema de vídeo-monitoramento integrado), com 1564 e 1263 votos respectivamente.

Por fim, os votantes foram chamados a opinar sobre a Reforma Política. A maioria, com 923 votos, disseram ser favoráveis a reforma política. Já 574 pessoas disseram que ela deve ser feita por uma Constituinte Exclusiva. Quanto ao financiamento das campanhas eleitorais, os estrelenses acham que elas devem ser custeadas com recursos privados (550 votos). Por último, decidiram que o tema mais importante da reforma é a maior participação da população nas decisões públicas, com 722 votos.

No Vale, mais de 6 mil pessoas votaram pela internet. Os resultados gerais devem ser apresentados na próxima semana pelo Governo do Estado. “Estamos satisfeitos com a participação da comunidade que entendeu a importância de defender a vinda de recursos para região”, finaliza Wermann.
Jônatas dos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário