18 de mar de 2016

Estrela identifica primeiros focos do aedes aegypti


ESTRELA

Quatro armadilhas apresentaram resultado positivo para a presença de larvas do mosquito aedes aegypti – transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus – em Estrela. Ao todo, o município mantém 55 armadilhas espalhadas onde ocorre coleta semanal. O anúncio foi feito pelo secretário de Saúde, Elmar Schneider, após receber um laudo enviado pelo laboratório. Equipes da vigilância ambiental e de outras secretarias do município, como a de Obras Públicas, estão intensificando a aplicação do Plano de Combate ao Mosquito nas áreas afetadas.

Conforme recomendação da 16ª Coordenadoria Regional de Saúde, num perímetro de 300 metros de cada armadilha com resultado positivo todas as famílias devem ser visitadas, cadastradas e convocadas à tomarem medidas efetivas de eliminação de possíveis focos. “Já fizemos este trabalho no perímetro das armadilhas números 26 e 14, ambas no Bairro Boa União, onde encontramos inúmeros locais com acúmulo de lixo e materiais acumuladores de água”, ressalta Schneider. Um terceiro foco foi encontrado no bairro, porém desta vez não em uma armadilha e sim em garrafas pet localizadas no pátio de uma residência.

No sábado, a partir das 7h30min, uma ação em parceria com a Igreja Cristo Vive irá realizar este trabalho ao entorno da armadilha nº 2, localizada próxima à ponte do Bairro Imigrantes. Os moradores das zonas atingidas estão sendo convocados a fazerem uma limpeza geral em seus pátios e depositarem todo material de risco na rua, para que na segunda-feira uma operação especial da Secretaria de Obras Públicas possa recolher tudo. 

“Antes Estrela, que não tinha nenhum foco, trabalhou sob a ótica da conscientização. Agora, com os focos deflagrados, precisamos ser mais contundentes. Cidadão e órgãos públicos precisam trabalhar unidos”, afirma Schneider. Novas coletas devem ser realizadas nas armadilhas nas próximas semanas buscando verificar a eficácia do trabalho e a eliminação dos focos.
Texto: Jônatas dos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário