27 de fev de 2016

Duas empresas farão recolhimento de lixo a partir do dia 1º



População deve ficar atenta às datas de coleta dos resíduos sólidos domésticos - seco e orgânico
===============
A partir do dia 1º de março o recolhimento de lixo em Estrela estará sob a responsabilidade de duas novas empresas, vencedoras de concorrência para prestarem este serviço ao município. A coleta do lixo seco será realizada por EDE Jamir dos Santos e a do orgânico pela Engesa Engenharia e Saneamento Ambiental. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Saneamento Básico chama atenção dos munícipes para que observem as datas e turnos  de coleta, pois há dias específicos para cada tipo de material, que se não for colocado na data  ou turno certo, não será recolhido.

Conforme a coordenadora da secretaria, Rosângela Johann, a responsabilidade do município, de acordo com a Lei dos Resíduos Sólidos, é a execução da coleta e destinação dos resíduos. Já os munícipes devem acondicionar o lixo de forma adequada, providenciando inclusive a colocação de lixeiras. Isto está definido na lei federal que estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico e também no Código de Posturas (Lei Municipal nº 2.638, de 1º de março de 1994). “Desta forma, evitaremos que o lixo fique jogado no chão ou em terrenos baldios. É necessário que todos colaborem, pois os trabalhadores das empresas não recolhem o material que não estiver acondicionado corretamente ou  espalhado pelo chão”, observa.

Rosângela frisa ainda a importância de que todos colaborem, pois o lixo colocado de forma inadequada ou jogado em terrenos baldios pode se transformar em criadouro para o mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus. Ela salienta, por fim, que a coleta será feita nos mesmos horários e turnos em que ocorria e que os caminhões das empresas vencedoras da concorrência trabalharão exclusivamente para a Prefeitura de Estrela e terão controle por monitoramento de todo o trajeto percorrido,  por parte do município. Solicita que, se algum morador tiver dúvidas ou reclamações, deve entrar em contato com a Secretaria do Meio Ambiente pelo telefone (51) 3981-1191.
Texto: Paulo Ricardo Schneider

Nenhum comentário:

Postar um comentário