14 de jan de 2016

Ações fortes envolvem comunidade para prevenir a dengue


Governo Municipal distribuiu folhetos com orientações à população em pontos estratégicos da cidade
================
Em alerta para prevenir o aparecimento de focos do mosquito da dengue, o Governo de Estrela realizou, no último sábado (9), ação para conscientizar a população sobre medidas que cada cidadão pode fazer para eliminar os criadouros do aedes aegypti, transmissor também da febre chikungunya e do zika vírus. Um grupo com mais de 20 pessoas, entre secretários municipais, servidores e vereadores, distribuiu folhetos em pontos estratégicos da cidade, orientando a população.

De acordo com a chefe da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, enfermeira Carmen Hentschke, até o momento não foram registrados casos da doença no município. Houve somente dois suspeitos, que não foram confirmados. No entanto, segundo ela, é preciso estar em alerta. A Vigilância Ambiental, conforme Carmen, intensificou a fiscalização em pontos onde o mosquito pode se proliferar. Além disso, é feito o monitoramento semanal em 54 armadilhas espalhadas pela cidade para verificar se há ocorrência do aedes aegypti. Para evitar a doença, segundo ela, é imprescindível que a comunidade colabore, pois há medidas simples que podem evitar o aparecimento do transmissor.

Os folhetos foram distribuídos na Feira do Produtor, por onde teve início a ação; no calçadão da Rua Fernando Abott e ruas centrais da cidade, na rodoviária e nas sinaleiras da Avenida Rio Branco. “Queremos envolver toda a comunidade e precisamos de ações fortes, fazendo um enfrentamento conjunto para evitar o surgimento do mosquito da dengue”, frisou o secretário da Saúde Elmar Schneider.


BOX
Evite a dengue
- Mantenha o quintal sempre varrido, eliminando os recipientes que possam acumular água, como tampinhas de garrafa, folhas e sacolas plásticas
- Escove bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, vasos de plantas, tonéis e caixas d’água), mantendo-os sempre limpos
- Nas piscinas, a forma mais prática de evitar o surgimento do aedes é manter o ano inteiro a rotina de adicionar cloro ou outro produto que elimine micro-organismos. Se a piscina não estiver em uso, deve ser coberta com uma lona e a água deve ser tratada com cloro e outros desinfetantes.
-Guarde garrafas com o gargalo para baixo
- Guarde pneus velhos sob um abrigo, evitando que acumulem água
- Mantenha desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises
- Coloque embalagens de vidro, lata e plástico em uma lixeira bem fechada
- Não coloque água nos potes dos vasos de plantas, mas encha-os com areia

BOX 2
O que é a dengue
A dengue é uma doença grave, que pode matar. Alguns sintomas são febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, perda do paladar e do apetite, manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, náuseas e vômitos, tonturas, extremo cansaço, moleza e dor no corpo e muitas dores nos ossos e articulações. Ao primeiro sinal de um desses sintomas deve-se procurar a unidade de saúde mais próxima. 

BOX 3
Informações
- Vigilância Ambiental (51) 3981-1042 ou e-mail vigilancia.saude@estrela.gov.br
- Vigilância Epidemiológica (51)3981-1136 ou e-mail vigilancia.saude@estrela.rs.gov.br
- Vigilância Sanitária (51) 3981-1085 ou e-mail vigilancia@estrela.rs.gov.br


Texto: Paulo Ricardo Schneider

Nenhum comentário:

Postar um comentário