25 de jan de 2014

COLUNA DO FABIANO



** Gosto de Lajeado, é a minha cidade. Gostaria de ver uma cidade mais arborizada, com ruas largas e bonitas, iluminadas e pintadas. Gostaria de ver motoristas e pedestres respeitando as regras de trânsito (todos ligando o pisca-pisca). Me motiva pensar em nunca ter confusão de carros na chegada e saída das escolas. Que houvesse respeito aos nosso ouvidos com menos carros de som na rua. Que os parques fossem melhores aproveitados. Que tivéssemos mais pistas de caminhada. Como eu queria ver uma cidade com menos viciados, bandidos e com mais policiais nas ruas. Como eu queria ver as pessoas valorizando nosso rio Taquari. Que não tivéssemos mais mosquitos e nem cheiro desagradável. Desejaria um clima mais agradável. Como seria bom ser bem atendido no comércio, mercado e no setor público. Como é bom sonhar com minha cidade melhor. Nem tudo será possível. Mas é a minha cidade. Gosto dela mesmo assim. Parabéns pelos 123 anos.
** Há quatro anos quando perdeu seu marido, Diana Tischer, da Linha Santa em Paverama, prometeu que tocaria a propriedade por suas filhas: Fernanda e Thaís. Pois no próximo dia 27, completa um ano que parte deste sonho foi interrompido. "Fê", como era chamada, foi umas das 242 vítimas da Boate Kiss em Santa Maria. Para Diana ainda está difícil viver sem sua filha, estudante de veterinária. "Falta um pedaço de mim". Ao lado da filha Thaís, trabalha para manter vivo o sonho de ser feliz. Diariamente coloca uma rosa ao lado da foto de "Fê", que está localizado junto ao um tambo de leite na propriedade. Diz não guardar raiva de ninguém mas deixa uma mensagem: "Todas as vezes eu falava para a Fernanda o quanto a amava. Peço para os pais que digam para seus filhos o quanto os amam, porque amanhã pode ser tarde." Diana Ticher, Linha Santana Paverama - mãe de Fernanda Tischer, vítima de número 77 da tragédia da Boate Kiss, um dos símbolos deste episódio que não apaga de nossas memórias.
** Ex-prefeito Celso Bronstrup viveu sem qualquer compromisso de ter que agradar. Era tido como "turrão", alguns o consideram teimoso. Penso que ele era autêntico, arrojado, determinado. Os mais próximoS o definem como um ser de "grande coração". Comprou brigas. Mas fez pela cidade. Foi-se cedo. Meus sentimentos aos seus.
** E as ruas estão cada vez mais lotadas de veículos. Em 2007, Lajeado tinha 37 mil veículos. Em 2013, Lajeado chegou a 54 mil veículos. Temos cerca de 53 mil eleitores. Portanto, em Lajeado temos mais veículos do que eleitores. Em menos de 7 anos nossa frota aumentou cerca de 17 mil veículos. Se a média for mantida, teremos cerca de 2.833 veículos por ano, o que representa 7,7 veículos por dia.

** Um exemplo a ser seguido. Com o tema “Paciência tem limite”, a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) lançou mobilização com o intuito de cobrar dos órgãos públicos melhorias nas estradas de Caxias do Sul e região. Dessa forma, uma carreta, onde está escrito “Trecho sob a falta de vergonha do Governo do Estado”, vai circular pelas rodovias em péssimas condições de trafegabilidade na Serra. A ideia é chamar a atenção de quem passa pelo local.
** Advogado Mauro Hauschild, ex-presidente do INSS, fez roteiro pela região do Vale do Taquari e Guaporé, nesta semana. Visitou os prefeitos de Cruzeiro do Sul, Arroio do Meio, Encantado, Muçum, Roca Sales e Guaporé. Lembrou que, por estar perto do poder, está às ordens dos gestores em Brasília. Mauro ainda amadurece a ideia sobre ser ou não candidato em outubro.
** Prefeito de Cruzeiro do Sul, Leandro Marmitt, o Dingola, não esquece suas origens da época do Bom Fim. Com as elevadas temperaturas dos últimos dias a saída foi buscar refresco na água. Na falta de piscina, a solução foi improvisar. E vidão em prefeito.

** 100% dos leitores que se posicionaram sobre o investimento na nova Aldeia Indígena foram contra o valor a ser investido, de R$ 8,5 milhões. Mas há quem diga que esta cifra poderá chegar a R$ 20 milhões até o final do projeto. Aos que pedem manifestação do Ministério Público, lembro que é caso de jurisdição federal.

** Prefeito de Estrela Rafael Mallmann está de férias e o vice Valmor Griebeler, que está no exercício, precisou ir com urgência à Brasília. O Presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo Braum (PSDB), ficou sob aviso como virtual Prefeito. Caso necessário seria acionado.


** O vice-prefeito de Arroio do Meio, Áurio Scherer, tem entre seus desafios para este ano a instalação de leitos de UTI no Hospital São José, de Arroio do Meio. O assunto foi tratado esta semana com a secretária estadual de Saúde, Sandra Fagundes. Scherer acompanhou o presidente do Consisa, Sérgio Marasca e o secretário executivo do consórcio, Nilton Rolante, que solicitaram a ampliação no número de ambulâncias do Samu na região.
por Fabiano Conte

Nenhum comentário:

Postar um comentário